Os “Caretas” nos velhos Carnavais de Salvador.

Caretas no Carnaval de Salvador 1953

Em frente a casa de meu avô, "caretas" no carnaval de 1953.

Essa foto faz parte da coleção “do fundo do baú”, de minha família. No grupo de mascarados – ou “caretas” – estão meus tios Guilherme e Hortência, que também aparecem em outro post aqui no blog. Ao fundo, a casa onde nascí no bairro dos Barris, em Salvador. O casal na janela é meu avô Antonio e avó Beatriz. A imagem retrata o carnaval de 1953, muito antes de eu nascer, é claro, rsrsrsrs. Mas já mostra o DNA.

A casa com janela redonda e vitrais coloridos fez parte do meu imaginario infantil e me influenciou estéticamente. É uma mostra de como, na Salvador antiga, mesmo as casas mais simples, traziam arte e cultura em sua arquitetura.

Esse retrato foi da coleção de meu tio Guilherme, grande folião e fotografo amador, que, além de saudades, deixou um bom arquivo fotográfico sobre nosso carnaval.

8 Respostas para “Os “Caretas” nos velhos Carnavais de Salvador.

  1. Parabéns pelo blog e pela fotografia. A história do carnaval precisa ser preservada. Mais uma vez, parabéns.

  2. Maravilhoso! Se ainda o carnaval fosse assim teriamos certamente memos vilencia.
    Quero saber se a casa ainda existe.

  3. Tania Grangeon

    Nossa que saudades!!!! sai nos filhos de oligo, tenho algumas fotos inclusive do primeiro caminhão que saiu no bloco com as Oliguetes e claro fui uma delas. A casa era da mãe de Luis Carlos Galvão que era um dos diretores do bloco. Se quiser posso enviar as poucas fotos que tenho dessa época

    • oi, Tania. Uma bela surpresa para mim esse seu comentário. Às vezes me sinto como se tivesse vivido um tempo e um mund que ninguém conhece, rs. A mãe de Luis Carlos chamava-se Dona Dedê ou Dêda, acho. Lá, era també uma pensão de estudantes de medicina: Érico, Gervásio… Há um tempo atrás postei uma foto do Filhos de Oligo passando por aquela nossa rua, não sei se vc a viu no blog. Quanto as suas fotos, adoraria poder compartilhá-las aqui. Obrigado pelo contato. Pedro

  4. Pedrinho, achei sua foto em uma página de um amigo na internet e postei na minha página no Facebook (Nadia Ventura Lotada) e começaram a chover perguntas in-box sobre a foto, e isso foi muito bom, fomentou a minha curiosidade pesquisadora. Então depois de procurar quase uma tarde inteira eu achei o seu site e a historia maravilhosa da intrigante foto. Amei!!! Você se parece um pouco no gosto por casas antigas de Salvador, adoro arte, arquitetura e afins… Parabéns pela foto. Beijos. Quando puder passa lá na minha pagina e namore sua foto lá!

    • Oi, Nádia. Obrigado pelo contato. Aquela foto foi de 1953, acho. O autor da foto, meu Tio Guilherme, fazia parte desse grupo de pierrôs. A casa ao fundo, onde aparecem meus avós, foi onde nasci. A janela é muito bonita e faz parte de meu imaginários. Quanto à divulgação da foto, se vivo estivesse, meu Tio adoraria ver seus pierrôs e caretas vivendo outros carnavais.

  5. pensei que fossem bate-bolas do subúrbio do Rio de janeiro, muito parecidos…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s