Cheiro de Mar, na Barra.


O Bloco Cheiro lança campanha anunciando sua ida para o Circuito Barra/Ondina na terça-feira, seguindo uma tendência de muitos blocos em alternar seus desfiles entre os dois circuitos: o da orla e o do centro.

Na criação das peças, me valí do tradicional ícone do Cheiro, o elefante, para sugerir uma silhueta do Farol da Barra. A ilustração dos elefantes foi com a caneta do photoshop.

Depois de veiculado esse outdoor, recebi algumas críticas de que a imagem era fálica e remetia a genitália masculina. Diria que muitas vezes o processo de criacão nos cega. É preciso vir alguém que esteja de fora para enxergar o óbvio ululante, aquele que depois de visto fica pulando em sua frente e voce se pergunta como não havia visto aquilo antes. Acho a crítica um bom remédio, quase sempre amargo, mas curador. Porém, contaminado pela idéia, quando olho esses outdoor, ainda continuo enxergando o Farol da Barra e dois elefantes… mas como diria alguma vovó, “cada um enxerga o que quer ver”.

4 Respostas para “Cheiro de Mar, na Barra.

  1. Pingback: Tweets that mention Cheiro de Mar, na Barra. | Pedrinho da Rocha -- Topsy.com

  2. José Luis Wensce

    Muito bom Pedrinho, parabéns. Síntese e um belo apelo visual numa só peça.

  3. Pedrinho no blog do Bahia Notícias, na coluna holofortes, na seção curtas e venenosas, fizeram um comentário a respeito dessa sua peça publicitária.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s