Cartão de Natal Pinel, anos 80.

Ser Feliz é Ser Pinel.

O Bloco do Pinel tinha tradição em enviar cartões de Natal para seus foliões. Simas, um dos diretores do bloco,  encarregado de me solicitar a criação, era um entusiasta dessas histórias e bancava imprimir em policromia, técnica gráfica proibitiva naqueles tempos. Hoje, qualquer gráfica imprime 4 cores baratinho.

A técnica para ilustração foi a aerografia; na época nem se falava em computação gráfica.

Curiosidade: abaixo do título “SER PINEL É SER FELIZ”, eu havia colocado um subtítulo: “Feliz Festas!”. A intenção era sair do óbvio “Feliz Natal!” ou “Feliz Ano Novo!”, mas terminei por cometer um erro banal: plural de feliz é felizes. O velho Pedro, meu pai, bom nisso, logo percebeu a garfe, mas já estavam impressos 2 mil e enviados pelo correio. Para consolo besta, só me restou retirar a frase dos cartões que ficaram comigo.

5 Respostas para “Cartão de Natal Pinel, anos 80.

  1. Risos! Massa sr. Pedro! Mas acredito que perdemos um pouco dessa essência. Sei que estou saudosista, por não ter ido ao carnaval, esse ano. Lembro que recebia cartão, mensagem de aniversário ou alguma coisa durante o ano. Crescia aquela expectativa. Ansiedade. Boa lembrança essa, sr. Pedro!

  2. Verdade. Sou um apaixonado por Carnaval, mais confesso estou triste com os rumos que nossa maior festa tomou. Lembro do tempo em que as estrelas da festa eram os blocos como todo, com suas fantasias temáticas , trios bem acabados e seus puxadores, sim era assim que se chamava o artista que comandava a festa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s